#110 - PORQUE AINDA ESTOU RESPIRANDO?

"O Senhor DEUS me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer a seu tempo uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça, como aqueles que aprendem."
Isaías 50:04


Estou pensando em uma palavra: propósito, e associada a esta palavra, também penso uma outra palavra, que ao meu ver, desfrutam de íntima ligação: atitude. Propósito e atitude.

Você tem um talento, ou talentos, que são como pequenos sinais de seu propósito para a manifestação do Reino, e estes talentos precisam ser lapidados para que sua manifestação seja excelente e isso resulte em glórias ao SENHOR, porém estes talentos podem ser também escondidos, e muitas vezes são, sob a cortina da inércia, até mesmo enterrados em montanhas de palavras e discursos, quando na verdade estes talentos precisam ser expostos à luz através de ações.

Começo a olhar para a igreja primitiva e encontro nela algo que a tornava exemplar, gostaria de dizer única, mas os primeiros cristãos não devem ser únicos, mas inspiradores, e o que encontro são atitudes, haviam pregações e discursos cheios de fé e inflamadas com paixão, havia um amor ardente pelo Senhor, eram palavras cheias de gratidão, havia fé em cada uma de suas palavras. E qual o nosso espanto em descobrir que estas palavras expressavam na verdade apenas uma parte daquilo que a igreja primitiva cria, pois suas atitudes, suas vidas eram a assinatura que autenticava cada uma delas.

Olhando para esta igreja sou obrigado a perguntar: e eu? Tenho tido boas palavras para os cansados? A quem tenho confortado com boas palavras? Qual realmente é a relevância do cristianismo que vivo? A quem tenho alcançado com minhas palavras e com minhas... atitudes?

Quantos souberam, através de minha vida, sobre o Jesus a quem afirmo em plenos pulmões ter entregue meu coração? Quantos souberam da gloriosa vitória de Jesus sobre a morte através não de minhas palavras, mas de minhas atitudes? Isso mesmo, quem são os que podem dizer que eu os servi, conduzindo-os até o Rei, o Rei da Glória?

Olhando para esta igreja e para tantos heróis da fé eu me pergunto ainda mais: no final, o que resta? O nome de um ministério? Por acaso o meu nome? O que é o nome de um ministério, se não apenas uma forma de identificar uma determinada organização? O que é um nome de homem para que seja lembrado? Quando o que realmente importa é que vidas sejam levadas, o quanto antes, até a cruz para que possam encontrar no vazio dela, e lá a razão de toda esta "loucura" que foi a minha vida, para que possam entender que a vergonha da cruz foi transformada na glória de Jesus Cristo, pois era preciso, e somente Ele poderia fazê-lo.

Continuo pensando nestas duas palavras, propósito e atitude, sei que palavras são importantes pois preciso estar pronto para responder, com mansidão e temor, sobre a Esperança que há em mim (I Pedro 3:15) - a saber Cristo, em nós, a esperança da glória (Colossenses 1:27) - mas sei também que toda a criação aguarda ansiosamente por minha manifestação como filho (Romanos 8:19), que minha postura, que minha atitude pessoal revele o meu propósito de filho, e este propósito é o de "anunciar as virtudes daquele que me chamou das trevas para  a Sua maravilhosa luz" (I Pedro 2:09).

Entendo então que também há um motivo para que as misericórdias do SENHOR se renovem em minha vida, me permitindo acordar todas as manhãs, o Reino precisa ser anunciado e eu tenho este chamado para agir, por isso não seria estranho me perguntar todos os dias afinal: porque ainda estou respirando?

Fogo para Missões

Um comentário:

  1. Há uns dias atrás lia Atos cap.2 e parei muito pensativo no que acontecera ali. Homens que foram cheios do Espírito e que não ficaram atrelados somente ao gozo de falar em outras línguas. ELES FORAM TOMADOS POR UMA MISSÃO, UMA OUSADIA, UMA ATITUDE. A igreja parece que se perdeu nisso, no propósito e atitude. Qual o propósito da igreja hoje? Como eu estou diante das obras que os apóstolos fizeram?
    Aqueles homens depois de serem cheios do Espírito foram tomados por exercer atitude e muitas vidas NUNCA MAIS FORAM AS MESMAS.

    ResponderExcluir

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.