#80 - FAMÍLIAS HMONG SÃO DESALOJADAS POR SE CONVERTEREM AO CRISTIANISMO NO VIETNÃ

"E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna."
Marcos 10:29 e 30


No dia 9 de maio de 2011, um protesto de cristãos Hmong, por mais liberdade religiosa e reforma agrária foi anulado pelas forças de segurança no Vietnã. Os confrontos resultaram na morte de 28 pessoas. Outros estão desaparecidos

Mais tarde, naquele mesmo mês, manifestantes Hmong desarmados foram alvo de ataques de helicópteros ao longo da fronteira com o norte do país. Os relatórios mostraram que 63 manifestantes pacíficos foram mortos.

Um ano depois, parece que pouca coisa mudou. Em março, a agência de notícias BBC informou que oito cristãos Hmong, dos confrontos de 2011, tinham sido condenados a penas de dois anos e meio de prisão, por "perturbarem a ordem social". Recentemente, cristãos Hmong foram expulsos de suas casas.

A organização Voz dos Mártires do Canadá relatou que os cristãos Hmong do Vietnã estão enfrentando oposição das autoridades da vila por terem adotado o cristianismo como fé. Três famílias foram expulsas de sua aldeia na província de Cao Bang, no norte do país. As famílias se converteram a Cristo depois que um trabalhador Hmong, cristão, orou por um membro de seua família que estava doente e este foi curado.

As famílias cristãs, que incluem um total de 13 pessoas, devem encontrar um novo lugar para morar já que as autoridades não permitirão que retornem para a aldeia.

Da mesma forma, na província tailandesa de Nguyen, também no norte do Vietnã, uma família Hmong foi obrigada a deixar sua aldeia, devido à oposição dos líderes da aldeia contra a sua fé cristã.

Os cristãos Hmong continuam enfrentando o estigma de serem simpatizantes do imperialismo norte americano. Os preconceitos contra eles existem desde a guerra do Vietnã quando alguns deles colaboraram com a CIA.

Pedidos de oração
• Ore para que os cristãos Hmong do Vietnã e suas famílias continuem testemunhando de Cristo corajosamente em seus vilarejos e aldeias.
• Peça a Deus que supra todas as suas necessidades, física, emocionais e espirituais.

Envolva sua igreja no Domingo da Igreja Perseguida, veja o vídeo abaixo e saiba como participar.




HMONG
Fala a verdade, você sabe quem são os Hmong? Não! Pois é, existem muitos irmãos que não conhecemos, com os quais não vamos aos cultos diariamente, não cumprimentamos, irmãos dos quais não ouvimos falar, irmãos que existem.

Da mesma forma, existem muitas dificuldades que também não ouvimos diariamente, e que nem por isso deixam de existir, além das constantes batalhas espirituais das quais todos os cristãos estão sujeitos, são alvos de intolerância, perseguição, dor e tantas outras condições que são, para muitos deles, sua dolorosa rotina diária.

Assim, por mais que você não conheça ou nunca tenha ouvido falar dos Hmong, ore por eles.

"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo."
I Pedro 5:08 e 09

Fogo para Missões

0 comentários:

Postar um comentário

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.