#176 - NOSSOS IRMÃOS NA SÍRIA

"Bendito seja o SENHOR, minha rocha, que ensina as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra; Benignidade minha e fortaleza minha; alto retiro meu e meu libertador és tu; escudo meu, em quem eu confio, e que me sujeita o meu povo. Senhor, que é o homem, para que o conheças, e o filho do homem, para que o estimes? O homem é semelhante à vaidade; os seus dias são como a sombra que passa. Abaixa, ó Senhor, os teus céus, e desce; toca os montes, e fumegarão. Vibra os teus raios e dissipa-os; envia as tuas flechas, e desbarata-os."
Salmos 144:01 ao 06




Diante dos últimos acontecimentos envolvendo a Síria, decidimos trazer, nesta publicação, informações importantes sobre a Síria e nossos irmãos em Cristo, que sofrem à pelo menos 6 anos, diante de ataques violentos, cruéis e covardes, se você fizer uma breve pesquisa por imagens no Google, verá cenas tão fortes que provavelmente você não vai querer ver.

São imagens que não colocamos nos slides de nossas igreja, mas que nossos irmãos e irmãs sírios não conseguem apagar de suas memórias, pois não são imagens, são suas vidas! Leia este artigo e:

• Ore pela Síria!
• Informe-se sobre a Igreja Perseguida, (Portas Abertas pode ajudar).
• Pense no uso que você tem feito de sua liberdade.
• Anuncie as Boas Novas de Jesus Cristo!

Ataque químico na Síria pode ter atingido região cristã
A cidade de Homs que também foi atingida através do ataque químico na Síria, na última noite, já tinha algumas áreas livres do Estado Islâmico e os cristãos já estavam repovoando alguns bairros e reabrindo igrejas

O primeiro ataque bélico dos Estados Unidos, com mais de 50 mísseis, contra a conhecida Base Militar Al Shayrat, em Khan Seikhoun, nessa quinta-feira, foi uma retaliação pelo ataque químico na Síria contra civis, no início da semana, onde mais de 80 pessoas morreram, entre elas várias crianças.

Lembramos que a região atingida pelo ataque químico já tinha algumas áreas livres do Estado Islâmico e os cristãos já estavam repovoando alguns bairros e reabrindo igrejas. Leia mais na “Estamos voltando”.

Infelizmente, esse cenário pode mudar o rumo da história mais uma vez, pois quanto mais conflitos e instabilidade, mais os extremistas reforçam sua presença no país. 

Ore por essa nação, pelos cristãos perseguidos que vivem nessa região e pelos governantes envolvidos.

Como vivem os cristãos na Síria
Não acho justo partir e deixar esse lugar numa situação tão precária; eu tenho a convicção de que a cidade será ainda melhor do que era se os cristãos permanecerem aqui para lutar

Ao contrário do que muitos podem pensar, os cristãos sírios não lamentam a situação de guerra e nem pensam em abandonar o país por conta dos ataques violentos do Estado Islâmico. Na verdade, eles pensam em lutar para reconstruir tudo o que foi perdido. Muitos templos foram destruídos, mas a igreja de Cristo permanece em pé por lá. A guerra, que começou em 2011, ainda não terminou, e mesmo em meio a tantas dificuldades, há quem pregue o evangelho aos sírios.

Não acho justo partir e deixar esse lugar numa situação tão precária. Eu tenho a convicção de que a cidade será ainda melhor do que era se os cristãos permanecerem aqui para lutar. Não dá para imaginar nossa terra sem uma igreja”, disse Sarah* uma jovem de apenas 21 anos que enfrenta a perseguição religiosa na cidade de Aleppo.

A nação está na 6ª posição da atual Lista Mundial da Perseguição, onde há muitos ataques dirigidos a todos aqueles que se decidem por Cristo. Restaurantes cristãos já foram alvo de ataques coordenados, várias pessoas foram mortas e muitos ficaram feridos. Há muitas explosões que atingem bairros inteiros, danificam comércios e assustam os moradores. Os ataques acontecem de repente e, muitos, são causados por homens e mulheres suicidas.

Não há previsão de uma vida estável, segura ou pacífica para os cristãos sírios, principalmente para aqueles que vivem na linha de frente ou em áreas mantidas pelos rebeldes. Mas em meio a tanta violência e perseguição há vislumbres de esperança. Embora muitos tenham deixado o país para proteger suas famílias, alguns vivem deslocados, mas comprometidos em servir a Deus enquanto a guerra acontece. É incrível, mas foi relatado um crescimento no número de pessoas que se converteram a Cristo, mesmo passando por momentos tão difíceis.

Não podemos ficar de braços cruzados enquanto milhares de pessoas têm de enfrentar as consequências da violência e da perseguição. Assine a petição Um milhão de vozes de esperança e ajude a reivindicar aos nossos irmãos sírios e iraquianos o direito à igualdade, dignas condições de vida e um papel relevante na reconstrução da sociedade. Junte-se a nós e envolva-se com a Igreja Perseguida. Você pode adicionar sua voz e fazer a diferença?

O que a igreja no mundo pode fazer pelos cristãos na Síria?
Não orem por nós, orem conosco, pois é isso o que nos dá força; orem pela paz em nosso país e orem com muita fé, pois temos esperança de que tudo vai melhorar

Atualmente, a Igreja em Aleppo, na Síria, enfrenta muitos desafios. “Há cada vez menos cristãos por aqui, muitos foram embora para proteger suas famílias. A igreja está menor”, disse Sarah* que tem apensas 21 anos e já enfrenta a perseguição religiosa. Ao ser questionada sobre o motivo que a mantém na cidade, sendo tão jovem e com muitas possibilidades de um futuro melhor em outro país, ela responde: “Eu amo viver em Aleppo, nasci aqui e sei que devo permanecer aqui. Esse lugar será melhor um dia e eu quero fazer parte dessa reconstrução”, disse.

Segundo a jovem “Aleppo era a cidade mais linda do mundo” e ela quer reconstruir essa beleza. “Não acho justo partir e deixar esse lugar numa situação tão precária. Eu tenho a convicção de que a cidade será ainda melhor do que era se os cristãos permanecerem aqui para lutar. Não dá para imaginar nossa terra sem uma igreja”, afirma.

Um dos colaboradores da Portas Abertas fez a seguinte pergunta à jovem: “O que a igreja no mundo pode fazer pelos cristãos na Síria?”. Ela claramente responde: “Não orem por nós, orem conosco, pois é isso o que nos dá força. Orem pela paz em nosso país e orem com muita fé, pois temos esperança de que tudo vai melhorar”, explica e finaliza: “Um dia, eu estava com tanto medo, que fui à igreja orar, pois eu não entendia mais nada. Perguntei a Deus ‘por quê?’ e então ele respondeu: ‘Tudo ficará bem, confie em mim’ e então eu senti muita paz em meu coração. Eu sei que Deus não vai falhar”, conclui.

Estamos voltando
Algumas regiões da cidade de Homs já estão livres do perigo e da presença de militantes rebeldes; vários cristãos já retornam às suas casas

Certo dia, um cristão escreveu uma mensagem em uma parede, na cidade de Homs, e pouco tempo depois teve que fugir para um lugar mais seguro. Homs é uma cidade a Oeste da Síria. Há vários anos, assim que o país entrou em guerra, muitas cidades foram tomadas por grupos rebeldes. Houve destruição, mortes e tragédias. A vida se tornou praticamente impossível em certas regiões.


E a mensagem do cristão, mesmo desgastada, ficou ali na parede. Em destaque a parte que diz: “Homs, aqui está a minha terra, aqui estão as minhas raízes, aqui está a minha língua”. Nota-se que ele escreveu sua própria versão de um poema sírio da autoria de Nizar Kabani como um sinal de esperança e fé. A última frase quase aniquilada pelo tempo, ainda em marrom, diz: “Estamos voltando”.

E realmente, aos poucos os cristãos estão voltando para repovoar Homs, depois de tantos conflitos. Há lugares que já estão livres de militantes, onde a vida está voltando ao normal. As escolas abrem suas portas para as crianças, muitas lojas e comércios já estão funcionando e pouco a pouco os trabalhadores voltam para suas antigas atividades. Há grandes expectativas por parte dos cristãos em reabrir as igrejas e voltar aos trabalhos evangelísticos.

Ore pela igreja na Síria
A situação é ameaçadora, mas os cristãos permanecem firmes em seus propósitos; para que continuem firmes na fé, eles precisam das nossas orações

O governo sírio tem se mostrado disposto a recuperar todas as regiões que foram tomadas pelos extremistas islâmicos, nos últimos anos, e pretende restaurar a segurança no país. O exército sírio confirmou que aceita o cessar-fogo, mas declarou que vai "usar todos os tipos de munição contra qualquer violação" por parte dos rebeldes. Esse clima é positivo para todos os sírios, em especial os cristãos.

Mas, existem também algumas consequências a serem enfrentadas. A Analista Internacional de Liberdade Religiosa e também advogada, Elizabeth Kendal, disse o seguinte em seu blog: "Uma coalizão jihadista levou o grupo Al-Qaeda a lançar uma campanha para capturar o Oeste de Alepo, que está em poder do governo, onde vivem mais de 1 milhão pessoas, incluindo cerca de 40 mil cristãos".

Além disso, a situação humanitária está se deteriorando a cada dia. A eletricidade é limitada e a principal fonte de abastecimento de água foi cortada. Alimentos, combustível e medicamentos são escassos. Mesmo assim, as igrejas em Alepo continuam a atender milhares de famílias que estão deslocadas, tanto cristãs quanto muçulmanas, fornecendo inclusive refeições diárias por toda a cidade.

A situação é ameaçadora, mas a igreja permanece firme em seus propósitos. Para que continuem firmes na fé, os cristãos sírios perseguidos precisam das nossas orações. Interceda por eles.


Pedidos de oração
• Ore por todos aqueles que estão retornando às suas casas, em Homs.
• Peça ao Senhor para protegê-los e curá-los dos traumas causados pela guerra.
• Peça ao Espírito Santo para orientá-los em tudo.
• Ore pela igreja na Síria e pelos cristãos perseguidos.
• Ore também pelos perseguidores, que se convertam e se arrependam de seus maus caminhos.

*Alguns nomes alterados por motivos de segurança.

------------------------------------------------------------------
Links para estas publicações e para mais informações sobre a Igreja Perseguida na Síria e Oriente Médio, no site do Portas Abertas:

Ataque químico na Síria pode ter atingido região cristã
Como vivem os cristãos na Síria
O que a igreja no mundo pode fazer pelos cristãos na Síria?
Estamos voltando
Ore pela igreja na Síria
------------------------------------------------------------------

Fogo para Missões
IR +
INVESTIR +
INTERCEDER +

0 comentários:

Postar um comentário

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.