#124 - CLAMOR E ATITUDE

"...Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas..."
Romanos 10:13 a 15


A oração ainda é vista como uma não-ação por muitos ditos cristãos, mas os que pensam assim não entenderam ainda o que suas orações são capazes no Reino. Nós incentivamos a oração, a intercessão missionária, contamos com um projeto de oração como o objetivo de contribuir e incentivar aqueles que desejam interceder por missões (saiba mais), mas da mesma forma buscamos incentivar, encorajar e até mesmo provocar a ação missionária.

Intercedendo incessantemente
Isso mesmo, como já dissemos acima, a intercessão é uma forma de ação sim, e muito eficaz, basta olharmos para as Escrituras, nos diversos relatos de livramentos e respostas do SENHOR apenas por conta das orações da igreja (Atos 12:05), mas um detalhe interessante sobre a intercessão é que, embora seja um recurso espiritual de efeito devastador poucos são os que investem tempo neste serviço, seja qual for a razão todos perdem com isso, quem deixou de orar e aquele que não teve sua vida coberta por falta desta atitude.

Outro detalhe é que a intercessão pode e deve ser acompanhado de outras ações sempre que possível, a igreja orava por Pedro porque não havia outra coisa a ser feita, mas havendo certamente seria feita, aquilo que o homem pode fazer o SENHOR não fará, portanto é preciso interceder e se envolver pessoalmente com a Obra Missionária.

Indo apressadamente
Uma das formas de se envolver é sendo um missionário, e neste ponto há também muitos enganos como por exemplo associar missões com lugares distantes, quando na verdade a obra missionária começa de dentro para fora (Atos 1:08), comece em casa, em seu trabalho, sua escola, seu bairro, sua cidade e deixe o SENHOR te envolver no chamado e na experiência missionária. Missões não é fazer, é ser. Um simples testemunho ao comprar um pão, no mercado, é missões, é estar envolvido com o Reino.

Queremos te encorajar a conversar com a liderança local (pastores ou líderes) sobre seu interesse por missões, apresentar-se para ajudar em algum projeto de sua igreja pois este pode ser seu primeiro passo para um ministério abençoador e abençoado.

Outro erro é pensar que missionário é um chamado especial, deve é para aqueles irmãos corajosos. Um certo missionário, contando suas experiências de campo, sobre dificuldades e livramentos que o SENHOR lhe concedera ouviu alguém dizer: "como o irmão é corajoso", ao que respondeu: "...não irmãos, eu não sou corajoso, sou apenas obediente. Corajosos são vocês que também foram chamados, sabem o que devem fazer e têm coragem de dizer não para Deus".

Também não podemos pensar que missionário é um coitado, sempre necessitado e carente, infelizmente encontramos irmãos missionários em situações de necessidade mas é preciso assumir que esta realidade só existe porque a boa parte da igreja brasileira gasta mais com superficialidades do que investe em missões. Isso nos leva a terceira forma de agir.

Investindo financeiramente
A oferta missionária ainda é um desafio para muitas igrejas brasileiras, em boa parte porque missões ainda é uma realidade distante da igreja local, as necessidades dos irmãos de campo muitas vezes não são trazidas para dentro da igreja, não fazem parte dos avisos, não estão nos boletins, outra razão é que ainda não amamos missões como deveríamos.

O envolvimento pessoal com missões é o que nos desperta a procurar conhecer mais sobre os missionários, a obra que realizam, as necessidades de seus campos, esta proximidade nos revela belíssimas histórias de homens e mulheres, de projetos sociais, desafios e conquistas e é isso, e muito mais, que está por traz de cada oferta. Não é apenas o valor financeiro, mas a compreensão de tudo o que significa cada centavo, é o investimento na vida e ministério de homens e mulheres de Deus, é dizer para eles e para o SENHOR: "eu acredito em seu chamado".

Investir em um missionário é investir no Reino.
Queremos te encorajar a clamar por missões e agir por missões, as formas de envolvimento descritas aqui não devem ser encaradas como opções, mas um conjunto, é possível, é preciso, é urgente interceder, ser e investir em missões.

A começar por mim, SENHOR, quebra corações.

Equipe Fogo para Missões

0 comentários:

Postar um comentário

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.