#118 - DEUS NÃO APENAS ME AMA, ELE GOSTA DE MIM DE VERDADE

"Uma coisa pedi ao Senhor, é o que procuro: que eu possa viver na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo."
Salmos 27:04


Este ano tive a oportunidade de participar de alguns eventos realmente importantes para meu crescimento em Deus, e um deles foi o Onething, realizado pela IHOP-KC (Kansas City/EUA) no Bola de Neve Church de Curitiba, foram três dias de ministrações profundas sobre um tema igualmente profundo para qualquer cristão, a ORAÇÃO. Através das Escrituras todos tivemos a possibilidade de conhecer mais sobre a forma como o próprio Deus vê e responde a nossa fome e sede Dele.

Nestes três dias não houve palavras "mágicas", não ouvi falar de uma nova visão, de nenhuma "formula" de como orar mais ou mesmo de um novo evangelho, o que ouvi foi simples, absurdamente simples, mas uma verdade simples que tem invadido corações, corações famintos, e é sobre esta fome que eu quero escrever, pois esta fome está no coração dos reis, daqueles que, resgatados de tão grande maldição, da maldição do pecado e da morte por seu preço, hoje estão assentadas com os príncipes de o povo de Deus, são aqueles que entendem o grande perdão que receberam, e por isso trazem consigo grande gratidão.

Penso que tudo começa pela simples curiosidade, pela ousadia da curiosidade quando nos damos conta de que de fato, em Cristo, temos acesso a Deus e ainda mais quando entendemos que este acesso foi construído por Ele, foi iniciativa de Deus se revelar ao homem, e Ele tem prazer em ser descoberto. Provérbios 25:02 nos revela que "a glória de Deus é encobrir as coisas; mas a glória dos reis é esquadrinhá-las" e isso é maravilhoso quando comparamos com a revelação de Jeremias 29:13: "Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração". Estas duas palavras nos revelam a clara disposição de Deus em ser descoberto, achado.

Eu ousaria dizer ainda mais, Deus só pode ser descoberto por reis, príncipes de Seu povo, como só pode ser achado por aqueles que aplicam suas vidas a encontrá-Lo como a um tesouro de valor inestimável, e esta é a recompensa de Deus para aqueles que se apaixonaram por Ele: a revelação de Si mesmo, e isso é suficiente. Há aqueles que, diante de situações adversas são levados a uma busca desesperada por Deus, são aqueles que em meio as dores entregam a Deus um coração quebrado, moído, mas sincero, a estes amados Deus não resiste e de novo, tudo começa pela ousadia em buscar mais de Deus, não sobre um Deus, nem por aquilo que provém de Deus, mas a curiosidade por mais de Deus. Jesus espera para ser descoberto, Ele deixou uma trilha de necessidades e promessas, foi Deus quem plantou no homem a eternidade, tudo para que Ele mesmo, o Eterno, pudesse ser descoberto, e que maravilhosa surpresa é encotrá-Lo.

A curiosidade por Deus é respondida, e logo descobrimos que o Eterno tem muito para nos contar. Nossas dúvidas, nossas mais estranhas e malucas perguntas são respondidas à medida que andamos com Ele, não de uma hora para outra, mas caminhamos à medida que aprendemos, crescemos à medida que buscamos e o Espírito Santo nos revela aquilo que está no coração de Deus. Logo, não somos mais estranhos mas amigos, íntimos e temos prazer nesta amizade, somos amigos de Deus.

Já não o vemos mais como um Deus distante, esta é uma visão que somos erroneamente levados a acreditar quase desde que nascemos, na verdade é estranho pensar que um Deus distante enviaria seu Filho, seu único Filho para morrer por seres que Ele não queria perto. E sabe por que isso não é verdade? Porque Deus tem prazer em ser descoberto, e o caminho para esta descoberta é através deste mesmo Filho, Jesus, a Revelação em pessoa, não à toa chamado de Emanuel, que quer dizer: Deus conosco.

A curiosidade deu lugar a fome, somos alimentados por sua Palavra e a fome deu lugar ao prazer, a alegria sem igual, o prazer de estar com o Eterno, de conhecer Seus planos, o que Ele pensa a nosso respeito, a alegria de saber que o Rei da Glória te ama, e não apenas te ama como Ele gosta de você. Ele esperou por você, a alegria de saber que Ele esperou por séculos, pelo seu nascimento, observou com pesar suas escolhas erradas, pois eram suas escolhas, que alegria saber que Deus aguardou ardentemente por seu olhar curioso e por sua busca sincera para se fazer descoberto, para olhar para você e sorrir.

Na verdade eu posso até ver Jesus com um enorme sorriso e aquele olhar inconfundível, dizer: “Oi, que bom que você veio, estava esperando por você“.

Texto de Edinelson F. Lopes, Coordenador de Evangelismo do projeto Fogo para Missões.
Ao SENHOR toda a glória!

Fogo para Missões

0 comentários:

Postar um comentário

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.