#97 - NÃO HÁ VAGAS

"Tenho visto o trabalho que Deus deu aos filhos dos homens, para com ele os exercitar. Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração do homem, sem que este possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim."
Eclesiastes 3:10 e 11


O Ministério Fogo para Missões tem site, no www.fogoparamissoes.com, tem Facebook, tem até Twitter, além deste BlogFpM, mas o que temos realmente feito? Temos orado por missões através do projeto #TempodeOração (saiba mais) e sonhado com um trabalho de treinamento de equipes, para o qual temos a visão, algumas apostilas prontas, idealizamos alguns materiais de apoio como vídeos e banners, entre outros projetos paralelos, mas o que realmente tem se tornado realidade?

É importante que tenhamos nossos planos, mas é vital que eles sejam depositados aos pés do SENHOR. Boas idéias são sempre bem vindas, mas com relação a Obra de Deus, até mesmo as melhores idéias precisam ser aprovadas pelo dono da Obra, e cabe a nós entendermos e agirmos segundo Seu propósito, se é que estamos realmente dispostos a fazer a Sua vontade, do contrário somos apenas pessoas que estão buscando um lugarzinho ao sol dos "ministérios". Deus não tem buscado empregados que procuram trabalho em troca de uma boa promoção, ou de aplausos, antes tem gerado filhos que se alegram com o Pai e com sua grande Obra que tem feito.

Mesmo o filho pródigo, quando decidiu voltar para as terras de seu pai na condição de empregado, teve que ouvir seu pai dizer "não há vagas", ele não seria recebido em qualquer outra condição que não fosse na condição de filho. Ser chamado para um ministério não é ser chamado para um emprego, mas para um relacionamento de pai e filho! (Lucas 15:18 e 19)

E é isso que Deus busca, um relacionamento onde nós crescemos Nele. Lembra quando, no começo de nossa caminhada de fé, quando nossas orações eram um pouco desajeitadas? E ao longo do tempo estávamos falando com mais com mais intimidade e temor? Isso é crescimento, é fé aumentada através da experiência pessoal, do andar com Deus. Por isso nos sentimos completos quando estamos com Ele, porque somos Dele.

Por outro lado, é preciso arar a terra, pois de nada adianta pedir chuvas e não crer que as águas virão. Lembre-se, é durante a caminhada que o SENHOR revela seus planos, assim Ele fez quando disse para Abrão sair de sua terra e ir para uma terra que Ele ainda iria mostrar?. É caminhando que se conhece o SENHOR e Seus planos e este deve ser nosso objetivo, conhecer e prosseguir em conhecer ao SENHOR (Oséias 6:03), caminhar e prosseguir caminhando. É interessante notar que o relacionamento que Deus propõe é simples, assim como também é simples a caminhada que Ele nos convida a seguir, um passo de cada vez, juntos.

Justamente hoje eu e a Melina estivemos conversando sobre o que poderia ser feito para darmos novos passos no ministério, falamos sobre família, sobre o meu chamado pessoal e o dela, sobre o papel de cada um dentro do Fogo para Missões, principalmente sobre a verdadeira razão para todo e qualquer trabalho e esforço, ou seja, estamos aqui para anunciar o Evangelho, como ministério, mas principalmente como filhos, obedecendo ao nosso chamado pessoal e assim honrarmos ao SENHOR, servindo igrejas locais no aperfeiçoamento para anunciar o Evangelho.

E é isso que faremos, vamos continuar orando, preparando as apostilas que faltam além de entrarmos em contato outros irmãos e ministérios para que possamos caminhar e viver o tempo e os planos do Pai, enquanto crescemos diariamente em sua misericórdia e graça.

Afinal aquele que se preocupa apenas em fazer, dá pouca ou nenhuma importância ao que é mais importante, deixa de se preocupar com o comportamento cotidiano, com o testemunho diário, com a santidade e isso é ser, ser santo, ser exemplo, ser justo, ser filho.

Em resumo, faça planos, seja filho e esteja preparado!

Após nossa conversa fui ao computador terminar alguns trabalhos, e então encontrei este texto no blog Mensagem Edificante para a Alma, um texto do Portas Abertas. O texto no trás uma experiência impactante sobre a simplicidade da comunhão com o Pai e inspirou este artigo, segue...

“Wang Mingdao foi o pastor e evangelista mais famoso da China. Ele ficou 23 anos na cadeia por crer em Deus. Durante uma entrevista, um jornalista da Portas Abertas lhe fez a seguinte pergunta:

- Nunca serei posto numa cadeia como o senhor. Como a sua fé pode impactar a minha?

Depois de refletir um pouco sobre o assunto, Mingdao respondeu:

- Quando me prenderam, fiquei arrasado. Eu desejava realizar cruzadas evangelísticas pela China; queria estudar minha Bíblia e escrever mais sermões. Mas, em vez de servir a Deus dessas formas, vi-me sentado sozinho numa cela escura.

Não podia usar o tempo para escrever livros – não tinha papel e caneta. Não podia estudar a Bíblia e preparar sermões; tiraram a minha Bíblia de mim. Eu não tinha uma pessoa sequer a quem testemunhar, porque o carcereiro apenas empurrava minhas refeições pela porta da cela.

Tudo o que me dava sentido como obreiro cristão fora tirado de mim. Eu não tinha nada a fazer. Nada, exceto conhecer Deus. E durante vinte anos aquele foi o melhor relacionamento que tive. Fui jogado numa cela, mas você terá de jogar-se numa. Você mesmo precisa construir uma cela para poder fazer por si próprio o que a perseguição fez por mim: simplificar sua vida e conhecer Deus.”

Fonte: Mensagem Edificante para a Alma, por Vinicios Torres (Extraído do livro "A Fé que Persevera").

Fogo para Missões

3 comentários:

  1. Hoje, hoje mesmo falava no meu coração com o Senhor: porque parece que as portas se fecham até para aquilo que queremos fazer para Ti Senhor? Porque parece que estou num deserto silencioso?
    Daí vejo que o Senhor me para estreitar nosso relacionamento, para mais intimidade.
    Prefiro essa espera do que estar fora do tempo, fora da vontade Dele.
    É como estar na "cela" e conhecê-Lo

    ResponderExcluir
  2. Glória a Deus

    Acabamos de publicar este artigo e fomos para o culto, o que aconteceu lá foi avassalador, a mensagem pregada pelo Pr. André veio diretamente ao encontro desta mensagem que havíamos conversado eu e minha esposa e publicado aqui.

    Surgiram algumas pérolas deste culto, alimento que estarei digerindo um pouco mais e, certamente, publicando (compartilhando) por aqui.

    O que posso adiantar é que o propósito da saída do povo de Israel para o deserto não era a Terra Prometida, o leite ou o mel, o objetivo era adorar a Deus (Êxodo 7:16).

    Terra prometida, carro prometido, casa prometida, ministério prometido, isso tudo é resto, é consequência, o que queremos é ver a sarça ardendo, a Tua presença e Te adorar!

    Boa noite amado, desfrute deste tempo com o Pai, e enquanto esperamos, O adoramos!

    Em Cristo, nosso Amado Salvador e Eterno Rei, graça e paz!

    Edinelson F. Lopes
    Ministério Fogo para Missões

    ResponderExcluir
  3. Edinelson,
    Graça e Paz

    Primeiro quero agradecer o comentário no meu blog no dia do meu aniversário.
    Muito Edificante! Fiquei muito feliz e mto grata.

    Amei sua postagem e quero destacar a seguinte frase:

    "É importante que tenhamos nossos planos, mas é vital que eles sejam depositados aos pés do SENHOR".

    Realmente não adianta fazermos planos e projetos se Deus não for o primeiro a ser consultado para que possa nos direcionar para a decisão certa.

    Amei o texto,

    Deus seja louvado,

    Abraços
    Suely

    ResponderExcluir

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.