#54 - JORNAL NACIONAL NOTICIA A PENA DE MORTE DO PR. YOUSEF NADARKHANI

"Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia."
João 12:48

Uma decisão da justiça do Irã provocou indignação internacional e protestos de defensores da liberdade de religião. Um homem que se converteu ao cristianismo foi condenado à morte.

Youssef Nadarkhani foi preso em 2009 porque não quis que os filhos estudassem o livro sagrado dos muçulmanos – o Alcorão.

Ele se tornou cristão aos 19 anos de idade e três anos depois, já pastor evangélico, fundou uma pequena comunidade cristã na cidade de Rasht, a noroeste de Teerã.

Nadarkhani foi preso, acusado de abandonar a fé islâmica, e recebeu a sentença máxima: morte por enforcamento.

Durante três anos, o caso foi examinado por cortes superiores iranianas. A esposa de Nadarkhani também foi detida, chegou a ser condenada à prisão perpétua, mas depois foi solta. O pastor, por três vezes, recebeu proposta de abandonar o cristianismo e voltar para o islã, em troca da suspensão da pena de morte. Youssef Nadarkhani não aceitou.

Segundo o Centro Americano de Lei e Justiça – uma organização que defende a liberdade religiosa nos Estados Unidos e acompanha o caso de Youssef – a sentença foi confirmada pelo governo iraniano e a ordem de execução foi dada.

Jordan Sekulow, diretor do centro, vem divulgando em um programa de rádio a perseguição contra Nadarkhani.

“Não sabemos se ele ainda está vivo nesse momento” diz Sekulow. “A ordem de execução não é divulgada publicamente. A única coisa que pode salvar Nadarkhani”, ele diz “é a pressão internacional, principalmente de países como o Brasil, que tem boas relações diplomáticas com o Irã”.

Assista aqui, a reportagem do Jornal Nacional:


Fogo para Missões - Conheça o projeto #TempodeOração e interceda conosco por missões.


Fonte: Jornal Nacional

0 comentários:

Postar um comentário

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.